Blog

7 de outubro de 2015
|

Vem aí: MIDIAPARQUE – USINAS DIGITAIS EM REDE

Os meses de setembro e outubro marcaram momentos fundamentais para o avanço do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais.

Na capital mineira, um forte arranjo institucional, envolvendo diretamente o BH-TEC – Parque Tecnológico de Belo Horizonte, a Secretaria de Estado da Ciência Tecnologia e Ensino Superior e Instituto Fábrica do Futuro, deu sustentação para a apresentação do Projeto MIDIAPARQUE – USINAS DIGITAIS EM REDE, junto ao Edital do Ministério das Comunicações.

PLANTA ANIMAPARQUE 2

O Edital de R$ 4 milhões é destinado integralmente à compra de equipamentos para criação de centros de produção e pós-produção de conteúdos digitais criativos, que atendam “arranjos produtivos locais” e vinculados, em especial, a micros, pequenas e médias empresas do setor audiovisual. O Projeto MIDIAPARQUE prevê a instalação de duas bases, uma em Belo Horizonte, outra em Cataguases.

Uma rede de cooperação foi mobilizada com a participação da: Secretaria de Estado da Cultura e Rede Minas de Televisão; Secretaria de Estado da Educação e Plug Minas – Centro de Formação e Experimentação Digital; Companhia de Desenvolvimento do Estado de Minas Gerais – Codemig; Universidade Federal de Minas Gerais; Universidade do Estado de Minas Gerais; Sebrae-MG; o Fórum Mineiro do Audiovisual e a Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata.

Em todo o país foram apresentadas 81 propostas e apenas 7 projetos foram habilitadas para a fase final. Em 2015 serão selecionados apenas dois projetos, onde Minas Gerais irá concorrer com propostas dos estados do Paraná, Santa Catarina, Bahia, Paraíba e Para. O resultado final sairá no início de novembro.

Já em Cataguases, nos dias 28 e 29 de setembro, dois importantes encontros. O primeiro com a Prefeitura Municipal de Cataguases, onde o Prefeito Cesar Samor assinou um Contato de Comodato concedendo para a Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual a utilização por 30 anos do terreno onde será instalado o Projeto MIDIAPARQUE. 

No local já funcionam as atividades do Estúdio-Escola Fábrica do Futuro e da Recria – Residência Criativa da Animação, entre outros projetos e eventos. Essa área, que possui mais de 13 mil metros quadrados, será adaptada pela Agência do Polo Audiovisual para abrigar o Projeto MIDIAPARQUE, com expansão de infraestrutura de estúdios, equipamentos e serviços.

O Contrato de Comodato deverá agora ser encaminhado para análise e aprovação dos vereadores da Câmara Municipal de Cataguases ainda em outubro.

Participaram do evento: O Prefeito Municipal, Cesar Samor, Secretários Municipais e representantes da Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual

Assinatura comodato Pref Cataguases (1)

Já no dia 29, em encontro realizado no Estúdio-Escola Fábrica do Futuro, foram dados os primeiros passos para integração das ações de formação do Polo Audiovisual junto à implantação, em 2016, do Instituto Federal de Ensino Técnico – IFET na cidade de Cataguases. Foram apresentadas propostas de curto, médio e longo prazo, em especial, com realização de cursos junto ao Pronatec, de formação tecnológica e de graduação, todos com foco no setor audiovisual, jogos eletrônicos e produção multimídia.

Polo + IFET - Set 015 (1)

Estiveram presentes: Leandro da Mota Borges e Alex Machado, respectivamente, diretor e professor do Instituto Federal Sudeste MG – Campus Avançado Cataguases;  Alex da Silva Carvalho, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico de Cataguases; Monica Botelho, Cesar Piva, Marcos Pimentel e Djalma Dutra, representantes da Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual.


0 Comentários


Compartilhe conosco sua opinião

Ela é muito importante para melhorarmos nossos serviços

Deixe seu comentário