Blog

27 de setembro de 2017
|

Polo Audiovisual: novas produções movimentam a Região

Desde julho, Cataguases e região abrigam duas novas produções audiovisuais: “Árvore dos Araújos”, uma série de ficção para o público infanto-juvenil, e “Maria do Caritó”, longa-metragem baseada na peça homônima de grande sucesso em teatros brasileiros. Para 2018, outras produções já estão em prospecção para serem realizadas na região do Polo Audiovisual da Zona da Mata mineira.

“ÁRVORE DOS ARAÚJOS”:

“Árvore dos Araújos” é uma série de TV de 26 episódios, que aborda temas pertinentes às relações familiares, como primeiro e segundo casamentos, união estável, relações inter-raciais, adoção, relação padrasto e enteado, divórcio, solteirice, casamento entre pessoas do mesmo sexo e dupla maternidade, dentre outros formatos.

Na direção, Alfredo Alves, e na produção Frederico Pequeno e Breno Nogueira, respectivamente, Diretor de Produção e a Produtor Executivo, ambos da Dromedário Cinema e Vídeo, produtora com sede em Belo Horizonte. A produção envolveu cerca de 70 pessoas da região, com destaque para a participação em setores da direção de arte, produção executiva, fotografia, figurino, maquinaria e áudio, preparador de elenco, e elenco infantil, com participação de três crianças locais.

ArvoreAraujos (1)

“A série busca trazer à tona o interesse das crianças por sua própria família de uma forma bem natural. A apresentação de outros tipos de arranjos, cada vez mais presentes em nossa realidade, diverso do formato tradicional e não muito explorados pelos responsáveis com suas crianças, ganha em “Árvore dos Araújos” um tom descontraído e divertido”, conta Breno Nogueira.

ArvoreAraujos (2)

As filmagens ocorreram em agosto na Fazenda Vargem Grande, em Piacatuba, distrito de Leopoldina, e no Estúdio- Escola Fábrica do Futuro, em Cataguases. A pré-produção teve início em junho e julho. Para Breno Nogueira, “a experiência de gravar na região do Polo Audiovisual foi fantástica. Estarmos fora da nossa base de produção, ou seja, Belo Horizonte, permitiu que a equipe focasse no trabalho. Além disso, Piacatuba foi uma grande descoberta: um local lindo, com uma população que nos recebeu muito bem e uma possibilidade cenográfica a ser descoberta. Inesquecível!”

A série “Árvore dos Araújos” tem previsão de lançamento no final do primeiro semestre de 2018.

(Fotos: Sandra Emília Costa, Léo Quintão, Nícia Mendes Barbosa Mello)

“MARIA DO CARITÓ”:

Maria Caritó - imagem

Outra produção em curso na região é “Maria do Caritó”, uma comédia baseada na peça homônima do dramaturgo Newton Moreno, grande sucesso nos teatros em 2016. Na direção, Flávia Lacerda, autora das séries “A Fórmula”, “Mister Brau”, e “Amorteamo”, exibidas recentemente na TV Globo, e na produção de Elisa Tolomelli e Thais Mello da produtora Eh!Filmes do Rio de Janeiro. A trama tem como protagonista a atriz Lilia Cabral, que já viveu a Maria do Caritó nos palcos.

Com locações nos distritos de Sinimbu e Glória, em Cataguases, e Piacatuba e Abaíba, em Leopoldina, a produção terá início em novembro com participação de profissionais do Rio de Janeiro e da Zona da Mata. A pré-produção já mobiliza, desde setembro, uma equipe de produtores e técnicos do longa.

MariaCaritó equipe pre-produção1

MariaCaritó - equipe pre-produção 2

Sinopse: Caritó é a pequena prateleira no alto da parede, ou nicho nas casas de taipa, onde as mulheres escondem fora do alcance das crianças, o carretel de linha, o pente, o pedaço de fumo, o cachimbo. E assim, ficar no caritó é como quem diz que ficou na prateleira, sem uso, esquecida, guardada intacta.

 



0 Comentários


Compartilhe conosco sua opinião

Ela é muito importante para melhorarmos nossos serviços

Deixe seu comentário