Blog

4 de abril de 2017
|

2º Edital Usina Criativa de Cinema: começam as consultorias especiais

Jovens realizadores audiovisuais de cidades da Zona da Mata já participam de consultorias e oficinas para produção de seus curtas-metragens. Eles foram selecionados por uma comissão técnica especializada no 2º Edital Usina Criativa de Cinema e irão receber recursos financeiros e apoio técnico em todas as fases da produção.

A primeira consultoria – ANÁLISE DE PROJETOS – foi realizada pelo documentarista Marcos Pimentel, coordenador do Projeto Usina Criativa de Cinema, no Estúdio-Escola Fábrica do Futuro, em Cataguases, em 31 de março.

WhatsApp Image 2017-04-05 at 12.51.46

Usina - Cons AnaliseProj não selecionados - Março (1)

Foram realizados dois encontros distintos: o primeiro dirigido aos contemplados no Edital, e o segundo aos empreendedores criativos que concorreram, mas não foram selecionados nessa edição. Aos dois grupos foi apresentado o parecer elaborado pela Comissão de Seleção sobre o projeto, apresentando e discutindo a análise feita por eles. Integram a comissão: o cineasta Alan Minas (RJ), a produtora Luana Melgaço (BH) e o roteirista Nathaniel Leclery (SP).

Os participantes tiveram ainda um encontro com os gestores do Polo Audiovisual, Mônica Botelho e Cesar Piva, para conhecer melhor os projetos, produções e eventos desenvolvidos pelas instituições parceiras na Região.

A segunda consultoria foi a de ROTEIRO, coordenada pelo roteirista Nathaniel Leclery, nos dias 1 e 2 de abril.  

Até julho, quando os curtas-metragens serão exibidos no Festival Ver e Fazer Filmes, ainda serão realizadas mais 05 consultorias em diversas áreas do fazer audiovisual.

Usina anuncio resultado (04)

Na foto, contemplados no Edital em evento realizado em fevereiro, em Cataguases: Tiago Viana, Rafael Ski, Aline Gabriel, Cecília Bueno Siqueira. Ausente na foto, Ausente, Bruno Rubim, que não pode comparecer ao evento.

Projeto Usina Criativa de Cinema integra as ações do Polo Audiovisual da Zona da Mata, em parceria com o Instituto Cidade de Cataguases, Fundação Cultural Ormeo Junqueira BotelhoFábrica do Futuro, com patrocínio da ENERGISA, através da Lei de Incentivo à Cultura do Governo de Estado de Minas Gerais.

Saiba mais:

Vencedores em uma disputa onde concorreram 23 projetos, os 5 contemplados no Edital 2017 foram:

“Lençol de Inverno” (ficção) – Bruno RubimDescoberto

“Minha mãe se chamava Tereza” (ficção) – Cecília Bueno Pereira SiqueiraCataguases

“Vinis e Peixes” (ficção) –  Tiago Viana Gonçalves dos Santos e Rafael Ski Fernandes - Cataguases

“Palace, o contador de histórias” (ficção) – Aline Souza Gabriel – Ubá

 E na categoria Diretor Convidado – Cavi Borges – RJ.

Entre os projetos apresentados, 13 foram de Cataguases, 04 de Ubá, 02 de Muriaé, 02 de Leopoldina, 01 de Visconde do Rio Branco e 01 de Descoberto.

O evento de anúncio dos selecionados foi realizado no Estúdio-Escola Fábrica do Futuro, dia 21 de fevereiro.

 



0 Comentários


Compartilhe conosco sua opinião

Ela é muito importante para melhorarmos nossos serviços

Deixe seu comentário